Sexta-Feira, 16 de novembro de 2018 Nossa história      

Notícias

Audiência pública discutirá elaboração do Plano Municipal de Saneamento Básico e Gestão Integrada de Resíduos Sólidos em Itainópolis

A Prefeitura de Itainópolis realizará segunda-feira, dia 02 de julho de 2018, uma audiência pública para discutir a elaboração do Plano Municipal de Saneamento Básico e Gestão Integrada de Resíduos Sólidos. O evento acontecerá às 9h, no auditório da Unidade Escolar Álvaro Rodrigues, tendo como públi

Audiência pública discutirá elaboração do Plano Municipal de Saneamento Básico e Gestão Integrada de Resíduos Sólidos em Itainópolis

A Prefeitura de Itainópolis realizará segunda-feira, dia 02 de julho de 2018, uma audiência pública para discutir a elaboração do Plano Municipal de Saneamento Básico e Gestão Integrada de Resíduos Sólidos. O evento acontecerá às 9h, no auditório da Unidade Escolar Álvaro Rodrigues, tendo como público-alvo os munícipes e representantes da sociedade civil organizada.

O Plano Municipal de Saneamento Básico e Gestão Integrada de Resíduos Sólidos é uma normativa a ser cumprida pelos municípios brasileiros assegurada nas Leis Federais Nº 11.445/2007 e Nº 12.305/2010. A elaboração e futura execução do Plano representa avanços para a saúde pública e preservação do meio ambiente local.

A Prefeitura de Itainópolis deu início no mês de junho de 2018 à sensibilização dos setores da Administração Municipal e da comunidade para a construção do Plano Municipal de Saneamento Básico e Gestão Integrada de Resíduos Sólidos que culminou com a formação do Grupo de Trabalho.

A Audiência Pública é a continuidade desta etapa inicial que tem como propósito fazer o chamamento da população para se tornarem agentes ativos na elaboração do Plano, propondo melhorias nos seguintes eixos: manejo dos resíduos sólidos (lixo), abastecimento hídrico (água potável), esgotamento sanitário e drenagem das águas das chuvas.

A engenheira sanitarista e ambiental, Catiane Eulina de Oliveira Lima, destacou a importância da comunidade está integrada no processo de elaboração do Plano. “O Plano Municipal de Saneamento Básico e Gestão Integrada de Resíduos Sólidos é formado por propostas que deverão ser executadas num prazo de 20 anos, podendo serem revisadas anualmente. É importante que a população participe, opine sobre a realidade do seu município pensando em propostas que tem viabilidade de serem realizadas a médio, curto e longo prazo. Esse é o momento para pensar na melhora da saúde pública dos munícipes e na preservação no meio ambiente”, afirmou a engenheira.